Como melhorar a força do sinal WiFi em casa

No dia 20 de junho é celebrado o Dia Mundial do Wi-Fi, data que coincide com o aniversário da criação da tecnologia de conectividade inalámbrica WiFi e do estabelecimento da WiFi Alliance.

85% da população europeia já utiliza a Internet, principalmente através do Wi-Fi nas suas próprias casas, segundo dados do Eurostat. No entanto, e de uma forma global, os usuários nem sempre têm uma conexão rápida e estável.

Por isso e devido ao Dia Mundial Wi-Fi, o fabricante alemão especializado em aparelhos para melhorar a conexão à Internet – Devolo – oferece algumas dicas para melhorar a conexão Wi-Fi.

Analisar

Uma das primeiras coisas que os usuários devem fazer é uma breve análise para verificar a cobertura WiFi. Para isso, existem ferramentas como o Ekahau HeatMapper, que permite criar uma planta de uma casa para medir o nível de cobertura WiFi, em que as áreas com boa cobertura aparecerão em verde e aquelas com cobertura ruim em vermelho. No caso da sua internet ser lenta, experimente o Meo speedtest.

Uma ferramenta semelhante, adequada para a maioria dos usuários, é o aplicativo WiFi Analyzer, que identifica problemas de conexão e ajuda a localizar o melhor lugar para colocar o roteador, entre outras coisas.

Colocar o roteador

Precisamente, posicionar o roteador em um local ideal é outra dica para melhorar a conexão WiFi, já que o dispositivo não deve ser bloqueado por objetos na frente ou ao lado dele. Os roteadores devem estar localizados em uma posição central e um tanto elevada, como em uma mesa ou armário no meio da casa. Além disso, se o roteador tiver antenas externas, elas podem ser orientadas de diferentes posições para obter uma melhor recepção.

Qual modelo você usa?

Caso os usuários tenham um roteador muito antigo, eles devem levar em consideração que o novo modelo deve suportar o padrão WiFi 5, que é muito mais rápido que o WiFi 4, pois a banda de 2,4 GHz do WiFi 4 está extremamente sobrecarregada em várias áreas urbanas.

Os usuários também devem ter em mente que os receptores WiFi, como smartphones, laptops ou tablets, também devem suportar o novo padrão WiFi 5 para recuperar a velocidade.

Em casas maiores, devido às distâncias ou objetos entre o roteador e os receptores WiFi, a conexão se torna mais lenta ou até mesmo perdida.

Amplificadores Wi-Fi

O uso de amplificadores WiFi é bastante útil para distâncias curtas (entre os quartos, por exemplo). No entanto, em residências grandes, estes aparelhos não são adequados, pois também usam a rede WiFi para transmitir dados entre eles.

A crescente evolução dos serviços de telecomunicações tem levado a que cada vez mais gente tenha internet e fibra em casa, pelo que algumas zonas possam estar sobrecarregadas e o sinal ser lento ou por vezes ser perdido. Tenha em mente que com o passar dos anos, a tecnologia evolui e os objetos que fazem parte dela, se tornam obsoletos. Para evitar problemas de ligação, atualize sempre os seus dispositivos de captação de WI-FI.

Leia Também:

Quais os Componentes dos Comandos Elétricos?

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.